Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Importância do Planejamento: Fala do Reitor
Início do conteúdo da página

Importância do Planejamento: Fala do Reitor

publicado 21/11/2016 15h28 | última modificação 09/01/2017 11h25

Pode-se dizer que a história dessa valorosa e reconhecida Instituição começou a ser construída no início do século XX, mediante Decreto no. 7.566, de 23 de setembro de 1909, que criou as Escolas de Aprendizes e Artífices nas capitais dos Estados brasileiros. Desde então, tal Instituição veio sofrendo várias alterações de denominação e/ou institucionalidade, sendo a mais recente a que deu origem ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), decorrente da Lei 11.892, de 29 de dezembro de 2008, que concebeu a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A expansão da Rede possibilitou ao Instituto Federal do Maranhão a criação, através de fases de implantação, de 21 novos Campus, 3 Campus Avançados, além da integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão, com sua Unidade Descentralizada de Imperatriz, e das Escolas Agrotécnicas Federais de Codó, de São Luís e de São Raimundo das Mangabeiras, pré-existentes.

 Percebe-se claramente que as várias alterações de denominações e/ou institucionalidade, concomitantes com as diversas transformações e demandas emergentes na sociedade brasileira, ocorridas ao longo do tempo, impulsionaram mudanças significativas no modelo de gestão da Instituição, tornando-se indispensável, atualmente, a busca do aprimoramento desse modelo, no intuito de garantir uma melhor prestação de serviços à sociedade.Para tanto, a elaboração e implementação do Planejamento Estratégico para o Instituto Federal do Maranhão é vislumbrado pela gestão da Instituição como um fator determinante para garantia da sua missão institucional no mundo moderno: Promover educação profissional, científica e tecnológica comprometida com a formação cidadã para o desenvolvimento sustentável.

Para cumprir a sua missão, a Instituição deve possuir os recursos adequados e as pessoas necessários de modo a atuar com eficiência, eficácia e efetividade em benefício da sociedade. Assim, para atuar de forma positiva em favor da sociedade, é necessária a adoção de ferramentas que orientem a gestão do Instituto na melhoria de seu desempenho. A elaboração e a implementação do Planejamento Estratégico no IFMA tem como objetivo principal fornecer direcionamento comum a ser seguido por toda a Instituição, identificando responsabilidades, garantindo alinhamento e oferecendo meios para medição do sucesso da estratégia de modo focado, visando o alcance dos objetivos institucionais e a maximização dos resultados.

Para realização da gestão, em 2013-2014, foi desenvolvido e apresentado o Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI que demonstra o caminho que o Instituto pretende seguir para o período 2014/2018. Esse trabalho foi realizado por toda comunidade buscando apresentar as reais necessidades do IFMA e propor um plano alcançável e realista.

Após a conclusão desta etapa chegou o momento de transformar o PDI em resultados, avaliar se tudo que foi planejado está sendo alcançado e de que forma melhorias podem ser implantadas. Desse modo, o Planejamento Estratégico é uma atividade contínua, que deve guiar os rumos da Instituição, onde pretende-se chegar e como queremos ser reconhecidos pela sociedade ao longo do tempo.

Pautado no princípio da eficiência e com base no art. 30 da Lei 8.666/93, o Instituto Federal do Maranhão contratou uma empresa de consultoria de renome nacional (Contrato No 65/2016, https://suap.ifma.edu.br/contratos/contrato/142/), a GD – Gestão e Desenvolvimento Empresarial LTDA, objetivando auxiliar nos trabalhos de elaboração e implementação do Planejamento Estratégico do IFMA para os próximos anos. Esse processo contribuirá para a implantação do Modelo de Gestão Estratégica do IFMA, proporcionando:

  • sistematizar um processo decisório sobre objetivos e projetos do instituto;
  • padronizar suas operações de trabalho, aumentando a eficácia e a eficiência;
  • potencializar sua capacidade de planejamento;
  • organizar sua priorização de temas e de alocação de recursos financeiros;
  • aumentar a abrangência de seus resultados.

As principais etapas do Planejamento Estratégico do IFMA serão:

  • entrevistas internas e externas à comunidade acadêmica;
  • pesquisa com servidores;
  • audiências públicas;
  • fóruns de gestão;
  • cursos e palestras.

Por fim, pode-se dizer que a ferramenta do Planejamento Estratégico para o IFMA está sendo implementada com o propósito de auxiliar os seus servidores a traçar um plano de ação, identificando os problemas e sugerindo ações corretivas, tendo uma visão holística da organização; fixando as metas a serem atingidas. Para isso, o espírito empreendedor, ousado, buscando atingir o sucesso, que, no caso da Instituição, é a excelência nos serviços prestados, ou seja, pelo menor custo, no menor tempo possível e com qualidade, deve ser aflorar em cada servidor.

 

Fim do conteúdo da página