Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Fórum PE > Campus Monte Castelo realiza fórum de planejamento estratégico
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Monte Castelo realiza fórum de planejamento estratégico

Objetivo do espaço foi o levantamento de propostas e demandas relacionadas aos desafios estratégicos do IFMA.
  • Maycon Rangel
  • publicado 17/01/2017 15h11
  • última modificação 10/04/2017 10h56

(Da esq. à dir.) Cleonice Rocha, Carlos César, Roberto Brandão, Cláudio Leão e Peter Dostler

Com o objetivo de construir o Planejamento Estratégico para o quadriênio 2016-2020, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) deu início aos fóruns de planejamento estratégico, onde serão levantadas propostas e demandas da sociedade civil e da comunidade acadêmica. O evento será realizado nos 29 campi do Instituto ao longo deste semestre, a fim de alinhar as expectativas dos públicos interno e externo com os desafios estratégicos da instituição.

No Campus Monte Castelo, o fórum foi realizado nos dias 16 e 17. O reitor, Roberto Brandão, mencionou que o objetivo do Planejamento Estratégico é alcançar a excelência nas atividades desenvolvidas pelo IFMA e inaugura uma nova perspectiva em sua segunda gestão (2016-2020): “Queremos passar da fase do planejamento que produz um belo documento, mas que é engavetado. Precisamos de resultados concretos não só no pensar e no planejar, mas no agir e no executar”. O reitor anunciou também a implantação de um Mestrado Profissional em Gestão Pública para os servidores do Instituto. O programa será oferecido em parceria com a STEINBEIS-SIBE do Brasil e se valerá do sistema dual de ensino, em que o aluno aprende por meio da união entre os conhecimentos teóricos com a imediata aplicação desses conhecimentos em aulas práticas nas empresas.

O pró-reitor de Planejamento e Administração e coordenador geral do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira, falou sobre o novo paradigma no processo de prestação de contas, que hoje se volta, sobretudo, para o cumprimento da missão institucional. De acordo com ele, o Planejamento Estratégico está sendo construído coletivamente e dará um importante direcionamento para o IFMA que se quer ter no futuro.

O diretor-geral do Campus Monte Castelo, Cláudio Leão, reiterou a importância do processo de planejamento. “Quando o planejamento não é feito, você não tem meta a cumprir, missão a cumprir…”. Segundo ele, a contenção orçamentária neste ano suscita ainda mais um planejamento eficaz, para que os recursos sejam aplicados da melhor forma.

O Planejamento Estratégico do IFMA está sendo construído com a consultoria da STEINBEIS-SIBE do Brasil, empresa especializada em transferência de tecnologia e conhecimento, com atuação em todo o mundo. De acordo com o consultor Peter Dostler, os Institutos Federais têm um papel de acentuada relevância no país, pois são promotores do desenvolvimento regional. Contudo, é necessário que potencializem o desenvolvimento de pesquisas aplicadas e se aproximem cada vez mais do mundo do trabalho, solucionando demandas relacionadas a produtos e serviços.

A mesa de abertura foi composta também pela vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado do Maranhão (Sindsep/MA), Cleonice Rocha e pela diretora científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão (Fapema), Silvane Magali.

 

Metodologia do fórum

Grupo debate propostas para a construção do Planejamento Estratégico do IFMA

Denominada “Mercado de informações”, a metodologia de trabalho consistiu em levantar soluções para as demandas prioritárias do Instituto, promovendo a discussão dos temas em grupos de trabalho (GTs). Ao longo do dia, as equipes discutiram e consolidaram propostas em cinco eixos temáticos:

  • Interação com o mercado: desenvolvimento e melhoria das relações existentes com organizações públicas e privadas, possibilitando a futura inserção dos discentes no mercado de trabalho e a implementação de novos negócios ou mudanças em organizações já existentes;
  • Inclusão social: demandas que possam ser tratadas pelo IFMA visando a responsabilidade ambiental, a inclusão do discente, da comunidade acadêmica e de toda a instituição na temática social;
  • Internacionalização do IFMA: relacionamento do IFMA com organizações de outros países, incluindo parceria com outras instituições de ensino para intercâmbios acadêmicos;
  • Ideias acadêmicas: demandas ligadas às políticas de ensino, pesquisa, inovação e extensão;
  • Interação com a sociedade: demandas a serem tratadas pelo Instituto para aprimoramento de sua relação com a sociedade em geral.

A metodologia foi explicada pelo consultor Marcus Flávio, que acompanhou as discussões dos GTs e a construção de propostas nos diferentes eixos temáticos.

Para a professora Ângela Medeiros, as discussões foram bastante proveitosas e mostram ações prioritárias para alcançar melhorias no IFMA. “Nós precisamos repensar o planejamento do Instituto e, a partir daí, tentar implementar essas estratégias, motivando a comunidade a se integrar nesse processo”, conclui.

 

Galeria de fotos

Clique aqui para ver mais fotos

Fim do conteúdo da página