Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Fórum PE > Campus São José de Ribamar realiza fórum de planejamento estratégico
Início do conteúdo da página Notícias

Campus São José de Ribamar realiza fórum de planejamento estratégico

Durante o evento, foram debatidas propostas e demandas prioritárias para a unidade do IFMA no município.
  • Maycon Rangel
  • publicado 18/01/2017 15h45
  • última modificação 10/04/2017 11h01

(Da esq. à dir.) Cristiano Pinheiro, Carla Véras, Carlos César, Roberto Brandão, Marco Torreão, Zélia Mendonça e Peter Dostler

O segundo fórum de planejamento estratégico do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) foi realizado no dia 18 no Liceu Ribamarense I e envolveu a comunidade de São José de Ribamar. O objetivo do espaço foi levantar propostas e demandas da sociedade civil e da comunidade acadêmica para a construção do Planejamento Estratégico do IFMA para o quadriênio 2016-2020.

Na ocasião, o reitor, Roberto Brandão, falou sobre a importância de dar voz à comunidade nesse processo, que tem o intuito de alcançar a excelência nas atividades administrativas e acadêmicas do Instituto. “O campus está funcionando há dois anos e já é um patrimônio da população de São José de Ribamar. Vocês são os maiores divulgadores desse projeto. Levem a mensagem de que o Instituto chegou para as várias comunidades que integram o município, oferecendo educação pública, gratuita e de qualidade”. De acordo com Roberto Brandão, a obra do campus já se encontra em estágio final e a inauguração da unidade está prevista para o dia 23 de fevereiro.

O diretor-geral do campus, Marco Torreão, agradeceu a presença dos vários representantes da sociedade, pedindo que essa parceria entre o Instituto e a comunidade local seja permanente. “Já temos 160 alunos na casa e a nossa primeira turma vai se formar agora em maio”, mencionou, citando também as ações e programas que a unidade vem desenvolvendo no município desde 2015.

O pró-reitor de Planejamento e Administração e coordenador geral do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira, falou sobre a importância de envolver as pessoas na busca de resultados e que a realização dos fóruns nos diferentes pontos de presença do IFMA no estado possibilita dar uma visão ampla sobre o que os diferentes públicos esperam do Instituto. “A presença da comunidade já é um salto de qualidade para o nosso planejamento”.

O vereador Cristiano Pinheiro, relator da Comissão de Educação do município, falou que a implantação do IFMA representa um sonho realizado para os moradores do município. “Estamos de braços abertos para a implantação do IFMA em São José de Ribamar. Esse será o empreendimento que mais vai contribuir, do ponto de vista educacional, para o desenvolvimento do nosso município”.

O Planejamento Estratégico do IFMA está sendo construído com a consultoria da STEINBEIS-SIBE do Brasil, empresa especializada em transferência de tecnologia e conhecimento, com atuação em todo o mundo. De acordo com o consultor Peter Dostler, os Institutos Federais têm um papel de acentuada relevância no país, pois são promotores do desenvolvimento regional. Contudo, é necessário que potencializem o desenvolvimento de pesquisas aplicadas e se aproximem cada vez mais do mundo do trabalho, solucionando demandas relacionadas a produtos e serviços.

Na mesa de abertura, estiveram presentes também a secretária municipal de Educação de José de Ribamar, Carla Véras; e a secretária municipal de Educação de Raposa, Zélia Mendonça.

 

Metodologia do fórum

Propostas elaboradas pelos grupos foram apresentadas ao final do fórum

Denominada “Mercado de informações”, a metodologia de trabalho consistiu em levantar soluções para as demandas prioritárias do Instituto, promovendo a discussão dos temas em grupos de trabalho (GTs). Ao longo do dia, as equipes discutiram e consolidaram propostas em cinco eixos temáticos:

  • Interação com o mercado: desenvolvimento e melhoria das relações existentes com organizações públicas e privadas, possibilitando a futura inserção dos discentes no mercado de trabalho e a implementação de novos negócios ou mudanças em organizações já existentes;
  • Inclusão social: demandas que possam ser tratadas pelo IFMA visando a responsabilidade ambiental, a inclusão do discente, da comunidade acadêmica e de toda a instituição na temática social;
  • Internacionalização do IFMA: relacionamento do IFMA com organizações de outros países, incluindo parceria com outras instituições de ensino para intercâmbios acadêmicos;
  • Ideias acadêmicas: demandas ligadas às políticas de ensino, pesquisa, inovação e extensão;
  • Interação com a sociedade: demandas a serem tratadas pelo Instituto para aprimoramento de sua relação com a sociedade em geral.

A metodologia foi explicada pelo consultor Marcus Flávio, que acompanhou as discussões dos GTs e a construção de propostas nos diferentes eixos temáticos.

 

O presidente da Associação de Trabalhadores e Produtores Rurais da Mata Grande, Abdon Menezes, considera muito importante o diálogo que o IFMA está travando com a comunidade. “É importante vir e contribuir para esse debate. O IFMA está abrindo as portas para a comunidade e eu, como representante da agricultura familiar, me sinto honrado em fazer parte desse momento”, avalia.

 

Galeria de fotos

Clique aqui para ver mais fotos

Fim do conteúdo da página