Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Fórum PE > Campus Santa Inês realiza fórum de planejamento estratégico
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Santa Inês realiza fórum de planejamento estratégico

Comunidade contribuiu com propostas de ações voltadas para os desafios estratégicos do IFMA.
  • Maycon Rangel
  • publicado 26/05/2017 10h47
  • última modificação 31/05/2017 13h17

(Da esq. à dir.) Peter Dostler, Carlos César, Vianey Bringel, Roberto Brandão, Juscelino Filho e Aristóteles Lacerda

Com o objetivo de ouvir as demandas e propostas da sociedade civil e alinhar esses elementos para a construção do Planejamento Estratégico 2016-2020, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) realizou o Fórum de Planejamento Estratégico no Campus Santa Inês na sexta-feira (26). Os fóruns de planejamento estratégico estão sendo realizados em todos os 29 campi e na Reitoria do Instituto (acompanhe as etapas anteriores aqui).

O reitor, Roberto Brandão, contextualizou a importância do planejamento estratégico como um processo que visa alcançar a excelência institucional e estabelecer uma maior interlocução com a comunidade e com o setor produtivo. “Nós precisamos gerenciar bem nossos recursos e gerar bons resultados. E é esse o objetivo desse momento: dar voz à sociedade e ao setor produtivo, para que possamos direcionar nossas produções acadêmicas e de pesquisa para solucionar problemas sociais e otimizar os processos das empresas maranhenses”. De acordo com ele, uma das etapas do planejamento será uma reunião com as entidades que congregam os empresários e comerciantes do Estado – a Fiema (Federação das Indústrias do Estado do Maranhão) e a Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão) –, a fim de alinhar as demandas do setor produtivo com as ofertas de ensino, pesquisa e extensão do Instituto.

O diretor-geral do campus, Aristóteles Lacerda, manifestou sua satisfação em receber a comunidade para discutir temas relevantes para o futuro do IFMA. “A palavra que traduz esse dia é congraçamento, muito mais do que obrigado! O Campus Santa Inês é pulsante e inspira sonhos e deseja receber os sonhos de vocês neste dia”.

A prefeita de Santa Inês, Vianey Bringel, lembrou do cenário político conturbado no Brasil e reiterou a importância do planejamento para alcançar metas. Já o deputado federal Juscelino Filho afirmou que o IFMA é uma alavanca para o desenvolvimento da região do Vale do Pindaré e agradeceu os servidores do IFMA pelo trabalho desenvolvido.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e coordenador geral do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira, explicou a diferença entre o Planejamento Estratégico e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). “O Planejamento Estratégico é uma ferramenta de gestão muito mais poderosa que o PDI. Enquanto o PDI é um documento muito voltado para as questões acadêmicas, o Planejamento Estratégico traça ações e metas que vão conduzir a instituição a um novo patamar”.

O planejamento estratégico está sendo feito com a consultoria da STEINBEIS-SIBE do Brasil, empresa especializada em transferência de tecnologia e conhecimento. O consultor Peter Dostler explicou a metodologia do fórum e, em seguida, os participantes foram divididos em grupos de trabalho. Durante sua fala, Peter Dostler explicou a filosofia de atuação da entidade, que se utiliza do modelo dual de ensino, em que o aluno aprende por meio da união entre os conhecimentos teóricos com a imediata aplicação desses conhecimentos em aulas práticas nas empresas, e ressaltou a importância de os institutos federais se aproximarem do mercado, o que possibilitará a geração de emprego e renda e a implementação de soluções tecnológicas para problemas sociais e econômicos.

 

Metodologia do fórum

Denominada “Mercado de informações”, a metodologia de trabalho consistiu em levantar soluções para as demandas prioritárias do Instituto, promovendo a discussão dos temas em grupos de trabalho (GTs). Ao longo do dia, as equipes discutiram e consolidaram propostas em cinco eixos temáticos:

  • Interação com o mercado: desenvolvimento e melhoria das relações existentes com organizações públicas e privadas, possibilitando a futura inserção dos discentes no mercado de trabalho e a implementação de novos negócios ou mudanças em organizações já existentes;
  • Inclusão social: demandas que possam ser tratadas pelo IFMA visando a responsabilidade ambiental, a inclusão do discente, da comunidade acadêmica e de toda a instituição na temática social;
  • Internacionalização do IFMA: relacionamento do IFMA com organizações de outros países, incluindo parceria com outras instituições de ensino para intercâmbios acadêmicos;
  • Ideias acadêmicas: demandas ligadas às políticas de ensino, pesquisa, inovação e extensão;
  • Interação com a sociedade: demandas a serem tratadas pelo Instituto para aprimoramento de sua relação com a sociedade em geral.

 

O pastor Aurélio Lima, do Ministério Missão Parauapebas, considera que a participação da comunidade na discussão desses temas possibilita construir um planejamento plural e que empodera a população. “Quando você envolve a participação das pessoas, elas se sentem importantes. É uma grande iniciativa abrir esse leque de opções para que as pessoas possam se manifestar em algo que vai influenciar as futuras gerações de Santa Inês”.

 

Saiba mais

Desde outubro de 2016, o IFMA vem desenvolvendo seu Planejamento Estratégico 2016-2020, com o apoio da organização alemã STEINBEIS-SIBE. O interesse é a melhoria da governança, passando por um processo de alinhamento de objetivos, metas, iniciativas e processos da instituição.

Os fóruns já aconteceram nas seguintes unidades: São Luís – Monte Castelo, São José de Ribamar, Rosário, Viana, Barreirinhas, Imperatriz, Porto Franco, Barra do Corda, São Raimundo das Mangabeiras, Carolina, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Bacabal e Zé Doca.

 

Estudante premiado

Durante a abertura do fórum, o aluno Robson Luan de Sousa, do curso técnico em Eletrotécnica, recebeu das mãos do reitor a medalha de bronze que conquistou na última edição da Olimpíada Internacional Canguru de Matemática. O estudante disputou a competição na categoria correspondente ao 1º e 2º anos do Ensino Médio.

 

Galeria de fotos

Clique aqui para ver mais fotos

Fim do conteúdo da página