Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Fórum PE > Campus Codó realiza fórum de planejamento estratégico
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Codó realiza fórum de planejamento estratégico

Participantes debateram e sugeriram ações para potencializar a atuação do Instituto.
  • Maycon Rangel
  • publicado 25/09/2017 19h50
  • última modificação 02/10/2017 09h48

(Da esq. à dir.) Ivaldo da Silva, Wady Lima, Roberto Brandão, Carlos César e Peter Dostler

Desde outubro de 2016, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) vem construindo seu Planejamento Estratégico 2016-2020, iniciativa que busca definir projetos e ações na busca da excelência institucional. Como parte desse processo, estão sendo realizados fóruns envolvendo a comunidade interna e externa do Instituto, onde são levantadas demandas e propostas que vão subsidiar a construção do planejamento. Nesta segunda-feira (25), o Campus Codó recebeu o 21º Fórum de Planejamento Estratégico (acompanhe as etapas anteriores). Durante a abertura do evento, os estudantes Francisco Lucas e Maria Eduarda, do curso técnico em Agropecuária, apresentaram o poema “Planejamento em cordel”.

O reitor, Roberto Brandão, avaliou o cenário político e econômico do país, destacando que cada vez mais as instituições públicas precisam atuar com eficiência na oferta de serviços à população, otimizando a aplicação dos recursos financeiros. “Não queremos desenvolver o planejamento apenas para produzir um belo documento que será engavetado. Queremos resultados! E é nessa perspectiva que estamos aqui para ouvir os anseios da comunidade codoense para o Instituto Federal do Maranhão”.

O diretor-geral do campus, Wady Lima, agradeceu a participação do público e defendeu uma aproximação maior do IFMA com a população de Codó e região. “Temos que fortalecer nossos projetos de extensão, quebrar essa barreira invisível entre a instituição e a comunidade”.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Finanças e Administração, Ivaldo da Silva, falou sobre a relação entre planejamento e desenvolvimento. “Para enfrentar os desafios e se desenvolver, o país precisa de planejamento. O IFMA está de parabéns por essa iniciativa de trazer a comunidade para pensar a instituição”.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e coordenador geral do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira, traçou um comparativo entre o Planejamento Estratégico e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). “O PDI é uma exigência legal para todas as instituições que oferecem ensino superior. Percebemos que nosso documento não era estratégico em vários pontos e, a partir daí, vislumbramos a construção do Planejamento Estratégico, que é uma ferramenta mais poderosa na busca de resultados”. O próximo PDI vai absorver as contribuições fornecidas pela comunidade para o planejamento estratégico.

O planejamento está sendo feito com a consultoria da STEINBEIS-SIBE do Brasil, empresa especializada em transferência de tecnologia e conhecimento. De acordo com o consultor Peter Dostler, os Institutos Federais possuem um papel fundamental no fomento ao desenvolvimento local e regional. “O objetivo dos Institutos Federais é formar pessoas que fixem na região e possam atender as necessidades produtivas, sociais, econômicas e culturais da população. Para isso, é preciso de aproximar do setor produtivo e pensar em soluções tecnológicas de forma conjunta”.

 

Metodologia do fórum

Grupo de trabalho elabora propostas para o planejamento estratégico do IFMA

Denominada “Mercado de informações”, a metodologia de trabalho consistiu em levantar soluções para as demandas prioritárias do Instituto, promovendo a discussão dos temas em grupos de trabalho (GTs). Ao longo do fórum, as equipes discutiram e consolidaram propostas em cinco eixos temáticos:

  • Interação com o mercado: desenvolvimento e melhoria das relações existentes com organizações públicas e privadas, possibilitando a futura inserção dos discentes no mercado de trabalho e a implementação de novos negócios ou mudanças em organizações já existentes;
  • Inclusão social: demandas que possam ser tratadas pelo IFMA visando a responsabilidade ambiental, a inclusão do discente, da comunidade acadêmica e de toda a instituição na temática social;
  • Internacionalização do IFMA: relacionamento do IFMA com organizações de outros países, incluindo parceria com outras instituições de ensino para intercâmbios acadêmicos;
  • Ideias acadêmicas: demandas ligadas às políticas de ensino, pesquisa, inovação e extensão;
  • Interação com a sociedade: demandas a serem tratadas pelo Instituto para aprimoramento de sua relação com a sociedade em geral.

 

O secretário de Educação de Capinzal do Norte, Enderson Portela, afirma que a iniciativa do IFMA é um importante passo para melhorar o cenário educacional em Codó e no Estado do Maranhão e para garantir a inserção dos estudantes no mundo do trabalho. “A LDB [Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional] deixa bem claro que uma das funções da Educação Básica é educar para a vida, educar para a continuação dos estudos e educar para o trabalho, e eu acho que o IFMA e a Rede Federal cumprem essa proposta como nenhuma outra rede faz. O planejamento estratégico vai melhorar ainda mais a educação profissional”.

 

Saiba mais

Os fóruns já aconteceram nas seguintes unidades: São Luís – Monte Castelo, São José de Ribamar, Rosário, Viana, Barreirinhas, Imperatriz, Porto Franco, Barra do Corda, São Raimundo das Mangabeiras, Carolina, Itapecuru Mirim, Pedreiras, Bacabal, Zé Doca, Santa Inês, São Luís – Maracanã, São João dos Patos, Presidente Dutra, Grajaú e Açailândia.

 

Galeria de fotos

Mais fotos

Fim do conteúdo da página