Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Fórum PE > Campus Timon realiza fórum de planejamento estratégico
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Timon realiza fórum de planejamento estratégico

Participantes apresentaram sugestões para melhorar a atuação do Instituto.
  • Maycon Rangel
  • publicado 27/09/2017 20h08
  • última modificação 02/10/2017 09h47

(Da esq. à dir.) Peter Dostler, Carlos César, Roberto Brandão, Jackellyne Dutra e Nayara Coelho

Desde outubro de 2016, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) vem construindo seu Planejamento Estratégico 2016-2020, iniciativa que busca definir projetos e ações na busca da excelência institucional. Como parte desse processo, estão sendo realizados fóruns envolvendo a comunidade interna e externa do Instituto, onde são levantadas demandas e propostas que vão subsidiar a construção do planejamento. Nesta quarta-feira (27), o Campus Timon recebeu o 23º Fórum de Planejamento Estratégico (acompanhe as etapas anteriores).

O reitor, Roberto Brandão, falou sobre a importância de construir um planejamento antenado com as demandas da sociedade civil e do mundo do trabalho. “Tudo o que fazemos no Instituto tem que estar sintonizado com o mundo externo, com a comunidade. No Brasil, as instituições acadêmicas produzem conhecimento, ciência e tecnologia, mas têm dificuldade em dialogar com o setor produtivo e o setor público. O Planejamento Estratégico busca reverter esse quadro, fazendo com que nossas produções possam ir ao encontro das necessidades sociais e econômicas do Estado do Maranhão”.

A diretora-geral do campus, Jackellyne Dutra, agradeceu a participação expressiva da comunidade discente no fórum. “Planejar é muito importante, sobretudo quando temos a participação de tantos alunos dizendo o IFMA que queremos, o que a comunidade precisa”, pontuando que as contribuições fornecidas durante o planejamento vão nortear a elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2018-2022.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e coordenador geral do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira, mencionou que o Planejamento Estratégico possui dois aspectos. “Além de ser um documento obrigatório, que os órgãos de controle exigem, esse documento vai nos dar um direcionamento, um norte para a busca de melhores resultados”.

O planejamento está sendo feito com a consultoria da STEINBEIS-SIBE do Brasil, empresa especializada em transferência de tecnologia e conhecimento. De acordo com o consultor Peter Dostler, os Institutos Federais possuem um papel fundamental no fomento ao desenvolvimento local e regional. “O objetivo dos Institutos Federais é formar pessoas que fixem na região e possam atender as necessidades produtivas, sociais, econômicas e culturais da população. Para isso, é preciso de aproximar do setor produtivo e pensar em soluções tecnológicas de forma conjunta”.

A mesa diretiva foi composta também pela diretora de Administração e Planejamento em exercício, Nayara Coelho.

 

Metodologia do fórum

Grupo de trabalho elabora propostas para o planejamento estratégico do IFMA

Denominada “Mercado de informações”, a metodologia de trabalho consistiu em levantar soluções para as demandas prioritárias do Instituto, promovendo a discussão dos temas em grupos de trabalho (GTs). Ao longo do fórum, as equipes discutiram e consolidaram propostas em cinco eixos temáticos:

  • Interação com o mercado: desenvolvimento e melhoria das relações existentes com organizações públicas e privadas, possibilitando a futura inserção dos discentes no mercado de trabalho e a implementação de novos negócios ou mudanças em organizações já existentes;
  • Inclusão social: demandas que possam ser tratadas pelo IFMA visando a responsabilidade ambiental, a inclusão do discente, da comunidade acadêmica e de toda a instituição na temática social;
  • Internacionalização do IFMA: relacionamento do IFMA com organizações de outros países, incluindo parceria com outras instituições de ensino para intercâmbios acadêmicos;
  • Ideias acadêmicas: demandas ligadas às políticas de ensino, pesquisa, inovação e extensão;
  • Interação com a sociedade: demandas a serem tratadas pelo Instituto para aprimoramento de sua relação com a sociedade em geral.

 

Hérica Cristina Silva, estudante do 1º ano do curso técnico em Edificações, acredita que as propostas apresentadas no fórum vão contribuir para melhorar as ações do Campus Timon. “Esse fórum foi muito importante e vai melhorar a relação do IFMA com a comunidade. É fundamental que a população timonense conheça e valorize a formação proporcionada pelo IFMA. Precisamos também melhorar a comunicação, para que todos possam utilizar os espaços e os serviços do campus”, destaca a aluna, reforçando a necessidade de ampliação das ações sociais e culturais – como dança, música e teatro – com o envolvimento de toda a comunidade.

 

Saiba mais

Os fóruns já aconteceram nas seguintes unidades: São Luís – Monte Castelo, São José de Ribamar, Rosário, Viana, Barreirinhas, Imperatriz, Porto Franco, Barra do Corda, São Raimundo das Mangabeiras, Carolina, Itapecuru Mirim, Pedreiras, Bacabal, Zé Doca, Santa Inês, São Luís – Maracanã, São João dos Patos, Presidente Dutra, Grajaú, Açailândia, Codó, Caxias, Timon e Coelho Neto.

 

Galeria de fotos

Mais fotos

Fim do conteúdo da página